Tamanho da letra

Aimme Semple
 

Aimee Kennedy, nasceu numa pequena fazenda perto de Ingersoll, Ontrio - Canad, no dia 9 de outubro de 1890, filha de James e Minnie Kennedy. J no colgio, fascinou-se com a teoria da evoluo, onde mesmo tendo ensinamentos do lar cristo que possua, comea a duvidar da sua crena e da existncia de Deus. Com tantas dvidas a serem solucionadas em sua cabea, certa noite foi para o seu quarto, ergueu os seus braos para o cu e clamou: "Oh Deus, se h um Deus, revele-se a mim."

 

No dia seguinte, andando pela cidade com seu pai, viu uma placa anunciando cultos de avivamento pentecostal, resolvendo voltar mais tarde para zombar. Ficou quieta, quando viu o jovem pregador Robert Sample, falando do contedo de Atos 2:38.


Ele mostrou que a Salvao e o Batismo do Esprito Santo, devem, andar lado a lado, para que possamos desfrutar do plano de Deus para as nossas vidas.

 

O pregador neste momento comea a falar em lngua estranha e se dirige em direo a Aimee, que fica convicta do seu pecado. Ela entende tudo o que Deus falava com ela atravs do pregador, que dizia: "Tu s pobre e perdida e miservel pecadora, merecedora do inferno." Ela no agentou o culto e foi assistir o ensaio de uma pea de Natal de sua autoria. No agentando levantou as mos e clamou: "Senhor tem misericrdia de mim, pecadora!" Instantaneamente o peso se foi e passou a glorificar e cantar louvores a Deus, est sua converso e consagrao foi completa que queimou todas as coisas do mundo que possua e passou a louvar e cantar hinos ao Senhor, adotando a Bblia como sua bssola.


Ao estudar Atos 2:38, ela descobriu que o revestimento para poder servir era o Batismo no Esprito Santo. Aimee, ouviu o Evangelho pela primeira vez, na Misso Pentecostal. Sua me, recebeu, uma carta do colgio, por suas constantes ausncias s aulas. Numa segunda-feira, quando a neve caia, no foi s aulas, mas sim na casa da irm da Misso, onde oraram pediram at que Aime , fosse batizada, decorridos uma semana deste dia, pois as condies climticas pioraram. No sbado, pela manh, Aime ajoelhou-se para orar pedindo ao Esprito Santo, que a batizasse para melhor poder servir ao Senhor, ento, em dado momento o seu corao se encheu de alegria e gozo, estando ainda com os olhos fechados teve uma viso de um campo de trigo, pronto para a ceifa. Estes trigos comearam a se transformar em rostos humanos, as folhagens em mos levantadas e, com isto Deus a revelou: "Aplica-te tarefa que est perante ti; corte somente o trigo e recolhe os molhos precisos." Neste mesmo sbado o Esprito Santo de Deus visita a Aimee, batizando-a com uma nova lngua.

 

Aps o seu batismo no Esprito Santo, em 22 de agosto de 1908, casou-se com Robert Sample, seguindo ambos um trabalho evangelstico, tendo neste perodo o dom de interpretao de lnguas. Comeava uma batalha de conferncias, aonde certa vez, Aimee caiu de uma escadaria, fraturando o osso do p, afetando quatro dos ligamentos do p. Com muita dor, os dedos pretos e inchados, foi assistir ao culto ministrado pelo Rev. Durham, s que no agentando a dor retornou para sua casa. Mas ao chegar a sua casa, Deus lhe falou que se ela levasse os sapatos, retornasse ao culto e pedisse ao Rev. Durham que orasse por ela, Deus a curaria. Retornou ao culto, o Rev. Durham colocou a mo no seu tornozelo, orou silenciosamente e disse: "Em nome de Jesus receba a cura.", a cura divina sempre acompanhou Aimee, desde esse testemunho.
Sentindo o chamado de Deus, Robert e Aimee partem para a China como missionrios, onde ambos adoecem de malria, sendo que Robert parte para a glria do Senhor. Aps o seu sepultamento em Hong Kong, Aimee e sua filha Roberta de seis semanas, voltam para Amrica.


Aps, alguns anos, sozinha, cansada e querendo um lar para a sua filha, ela casou-se com Harold Steward McPherson, o qual teve um filho chamado Rolf Kennedy McPherson, o qual mais tarde a sucedeu na presidncia da igreja International Church of the Foursquare Gospel (Igreja do Evangelho Quadrangular).
Ela abandona a obra e decide cuidar da casa e dos filhos, entrando num profundo estado de depresso. Adoeceu, operou, mas teve complicaes com o corao, hemorragias no estmago e o nervosismo intenso, levaram os mdicos a uma outra interveno cirrgica. Cada vez que Aimee pedia a cura ao Senhor, vinha a sua mente as palavras: "Tu irs? Pregars a palavra?", mas ela sofre um ataque de apendicite e opera novamente. Cinco novas cirurgias foram feitas e todos aguardavam a sua morte, quando, ouvi a voz do Senhor, dizendo: "Agora tu irs ?", ento compreende que era a seara ou o tmulo, ento responde: "Sim, Senhor, eu irei."

 

Naquele momento sentiu uma nova vida e em quinze dias estava completamente recuperada. Muitos crentes oraram pela sua cura, mas por causa da desobedincia a Deus ela no era curada, pois, logo que, submeteu-se vontade de Deus, a resposta da sua cura veio na hora.


Restabelecida, Aimee, recomeou o seu trabalho na cidade de Mount Forest. L, subiu numa cadeira na rua, e com os braos erguidos, comeou a orar em silncio, todos em volta ficaram observando, ento, pegou a cadeira, correndo e gritou: "Depressa, venham comigo", levou todos para a igreja e mandou o porteiro fechar a porta, o culto durou uns quarenta minutos, no outro dia estava lotado o culto.


 


Bandeira

A BANDEIRA DO EVANGELHO QUADRANGULAR?

 

Decompem-se na Cruz do Calvrio contra as nuvens tempestuosas do pecado, doena e morte, formando um lindo arco-ris de esperana - um arco que mede a Dispensao do tempo - desde o Gnesis ao Apocalipse, e vem pousar na Cidade Celestial, que " quadrangular", (Apoc. 2l:16 Edio Atualizada).
Pode-se comparar o Evangelho Quadrangular a uma joia com quatro facetas principais, alm de muitas outras. uma joia de rara beleza, e que encerra simbolismo em suas cores diversas:



1. Escarlate brilhante, para a salvao da alma.

2. Ouro faiscante, para o batismo no Esprito Santo.

3. Azul cintilante, para a cura divina.

4. Prpura resplandecente, para a vinda do Rei (Jesus Cristo).

 

BANDEIRA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR




Prpura (roxo) -- Azul Claro -- Ouro (amarelo) -- Escarlate (vermelho)

 

O glorioso Evangelho Quadrangular to slido quanto a Rocha sobre a qual est fundado. Permanece firme nos quatro ngulos, slido, forte, inabalvel, inamovvel, e quando o cu e a terra tiverem passado, ele ainda estar de p. uma mensagem verdadeira de JESUS CRISTO, que "O mesmo ontem, e hoje e eternamente".

 

COMO FOI CONCEBIDO O EVANGELHO QUADRANGULAR



A) CONCEBIDO ORIGINALMENTE NO CORAO DE DEUS
.



No Sumo conclio dos cus, quando todos os planos para a redeno se fizeram a para todo o sempre se estabelecera a aliana eterna, este Evangelho Quadrangular foi planejado. No era um novo evangelho, mas to velho quanto o mesmo mundo, pois, Ele "O Cordeiro que foi morto desde a fundao do mundo". (Apocalipse 13:8). Conclumos que, se Ele "foi morto desde a fundao do mundo" para a salvao dos homens, tambm nesse tempo fez todos os outros planos e provises como ns os temos agora, a saber: Batismo no Esprito Santo, Cura Divina e esperana da Segunda Vinda. Esse o EVANGELHO QUADRANGULAR.



B) O EVANGELHO QUADRANGULAR ERA VELHO QUANDO MOISS RECEBEU O MODELO PARA O TABERNCULO. ELE EST PREFIGURADO EM SUAS CORES E MVEIS.



Israel teve o Evangelho Quadrangular tipificado nas ofertas sacrificiais sobre um vasto altar quadrado (Ex. 27:1), na pia (Ex. 30:18), na mesa dos pes (xodo 25:23,30), no castial (Ex. 25:31), no suave incenso composto de quatro ingredientes sagrados (Ex. 30:34), e queimado sobre um altar quadrado (Ex. 30:1,2), por um sacerdote que usava um peitoral quadrado (Ex. 28:15,16), e bordado em escarlate, ouro, azul e prpura - cores do Evangelho Quadrangular. Assim, o Tabernculo um quadro simblico do Senhor Jesus Cristo, um tipo de sua Pessoa e obra.

 


NOTA IMPORTANTE: necessrio cuidado para no tipificar Cristo somente na forma e nas cores do Tabernculo. "O tipo estabelecido por Deus para prefigurar alguma coisa mais alta no futuro, que chamado o anttipo". (PRINCPIOS DE INTERPRETAO DA BBLIA, por E.M. Barrows). O tipo prefigura o anttipo s em alguns pontos gerais. Exemplos: a serpente de metal levantada no deserto (Num. 21:9) era um tipo de Cristo levantado na cruz (Joo 3:14 e 15); o cordeiro, cujo sangue foi derramado na primeira Pscoa (Ex. 12,3,5,7,13), era um tipo de Cristo, cujo sangue foi derramado por ns (Joo 1:29; Pedro 1:18, 19). J dissemos que a mensagem quadrangular existiu desde a eternidade e apareceu em tipo e sombra no Tabernculo. Deus, em Sua Divina providncia, escolheu-a, para nestes ltimos dias, enfatizar os quatro aspectos importantes do ministrio de Seu Filho. O Evangelho Quadrangular inteiramente baseado na Palavra de Deus e proclama ao mundo necessitado a mensagem de Jesus Cristo como Salvador, Batizador, Mdico e Rei que voltar.



C) VEIO POR INSPIRAO.



O nome "EVANGELHO QUADRANGULAR" veio por inspirao irm Aimee Semple McPherson no vero de 1922, quando, numa grande tenda em Oakland, Califrnia, manifestou-se o Esprito Santo de Deus com muito poder. A grande tenda que acomodava oito mil pessoas, estava superlotada, e mais uma grande multido permanecia ao seu redor. Muitos tinham vindo de longe, e todos os coraes estavam famintos da Palavra de Deus. O assunto para a pregao da noite era "A VISO DE EZEQUIEL". (Ezequiel 1:1-28)
Eis que ela comeou a pregar, e passou a sentir o poder do Esprito Santo de um modo maravilhoso. Oua o seu testemunho: "Minh\\'alma ficou aterrada! Meu corao sobressaltado! A ofuscante glria desta viso celestial parecia no s encher o Tabernculo, mas ainda toda a terra."

 



Os 4 rostos

 

OS QUATRO ROSTOS DA VISO QUADRANGULAR

 

um perfeito Evangelho! Um Evangelho completo para o corpo, alma, esprito e eternidade. Que maravilha e poder, a majestade disso, caindo em forma de cascata por sobre as muralhas do cu, enchendo, inundando e envolvendo o meu prprio ser! Os dedos do Esprito arrebataram as cordas da harpa elica do meu corao e evocaram uma sublime, maravilhosa melodia semelhante ao som de um grande amm.
Dentro de minha alma nasceu uma harmonia que foi desferida, desprendida e sustentada sobre cordas plenas, vibrantes, de onde foram destacadas as palavras que saltaram para a vida: EVANGELHO QUADRANGULAR!


Instantaneamente, o Esprito trouxe o testemunho. Ondas, vagalhes e oceanos de louvor sacudiram a congregao. Levada sobre os ventos impetuosos de um reavivamento do Esprito Santo, essa harmonia que nasceu naquele dia foi levada a cabo pelo mundo. A expresso EVANGELHO QUADRANGULAR que o Senhor me deu, distingue vvida e apropriadamente a mensagem que me fora dada para pregar e tornara-se uma palavra domstica atravs de toda a terra.Nas nuvens do cu que se enovelavam e se envolviam numa glria de fogo, Ezequiel vira o Ser cuja glria nenhum mortal descrever. medida que ele contemplava aquela revelao maravilhosa do Ser Onipotente, podia distinguir quatro faces, ou rostos nos quatro querubins: eram o rosto de um homem, de um leo, de um boi e de uma guia. "A VISO DE EZEQUIEL".



 


 Rosto do HOMEM:

Homem dos pesares e acostumado com a aflio, morrendo sobre o madeiro.

 

JESUS CRISTO, O SALVADOR
Jesus Cristo como Salvador tipificado no ROSTO DE HOMEM. Temos o seguinte esboo para o estudo desta doutrina:

 

A . O "rosto de homem" = Jesus Cristo como Salvador.
B . Evangelho = LUCAS
C. Como apresenta Jesus = Como "Filho do Homem".
D. Smbolo da Salvao = Cruz
E. Cor simblica na bandeira = Escarlate (vermelha)

 

A . O primeiro rosto que Ezequiel viu foi o "ROSTO DE HOMEM" representando Jesus Cristo, o "Filho do Homem", como salvador que foi sacrificado por ns. Todos necessitamos desse Salvador, porque todos pecamos (Rom. 3:23).
Este o primeiro aspecto do Evangelho Quadrangular: JESUS CRISTO, O SALVADOR.

 

B . O EVANGELHO DE LUCAS apresenta Jesus Cristo, o Salvador que "veio buscar e salvar o que se havia perdido". (Lucas 19:10).

 

C . Lucas apresenta o Salvador Jesus Cristo como "FILHO DO HOMEM", perfeito e ideal no corpo, alma e esprito. Este evangelho foi escrito especialmente para os gregos, cujo ideal era o homem perfeito. Quem o "FILHO DO HOMEM?" O "FILHO DO HOMEM" o "FILHO DE DEUS". Em Joo 1:1 lemos: "No princpio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o verbo era Deus."Continuando, a Escritura declara em Joo 1:14 que "


D . O Smbolo da Salvao a CRUZ. Est vazia porque Cristo vive (I Cor 1:20).

 

E . A doutrina da Salvao est simbolizada na bandeira da Igreja do Evangelho Quadrangular pela cor escarlate, representando o sangue de Cristo derramado por ns.

 


 Rosto do LEO:

Contemplamos o Batizador poderoso com o Esprito Santo e com Fogo.

 

JESUS CRISTO, O BATIZADOR NO ESPRITO SANTO
Jesus Cristo como Batizador no Esprito Santo tipificado no ROSTO DE LEO.
Temos o seguinte esboo para o estudo desta doutrina:

A . O "rosto de leo" = Jesus Cristo o Batizador no Esprito Santo.
B . Evangelho = JOO
C . Como apresenta Jesus = Como "Filho de Deus"
D . Smbolo do Batismo no Esprito Santo = Pomba
E . Cor simblica na bandeira = Ouro (amarela)

 

A . O segundo rosto que Ezequiel viu foi o "ROSTO DE LEO" representando Jesus Cristo como Batizador no Esprito Santo. Quando lemos na Palavra de Deus que Sanso, Davi e Benaia mataram um leo (Juzes 14:5-6, I Samuel 17:34-36, II Samuel 23:20), sempre pensamos que pessoas muito valentes; isto porque o leo smbolo de fora e poder. O primeiro e o ltimo livro da Bblia falam de Jesus como leo. A profecia "Jud um leozinho" (Gn. 49:9) referente a Jesus, que viria da tribo de jud. Ser cumprida ainda no futuro, como lemos no ltimo livro da Bblia:
"E disse-me dos ancies: No chores, eis aqui o Leo da tribo de Jud, a raiz de Davi, que venceu para abrir e desatar os sete selos". (Ap. 5:5)

 

B. O EVANGELHO de Joo apresenta Jesus, o Batizador "que batiza com o Esprito Santo". (Joo 1:32-33).


C. Joo apresenta Jesus, o Batizador, como "FILHO DE DEUS" e afirma: "Estes, porm foram escritos para que creias que Jesus o Cristo, o FILHO DE DEUS". (Joo 20:31). Seu Evangelho foi escrito para os crentes de todas as raas, lnguas e tribos. Joo no apresenta a origem humana de Jesus, mas abre o seu Evangelho com a afirmao positiva de Sua divindade. "No princpio era o Verbo... e Verbo era Deus". (Joo 1:1).

 

D. O Smbolo do Batismo no Esprito Santo a POMBA. (Mat. 3:16).

 

E. Este aspecto do Evangelho Quadrangular est simbolizado na bandeira pela cor de ouro, tipificando o fogo celestial do Esprito Santo.

 


 Rosto do BOI:

O Grande Removedor de Fardos de Pecados, O mesmo que levou nossas enfermidades e nos afastou as doenas, o qual, em seu amor ilimitado e proviso divina satisfez todas as nossas necessidades.

 

JESUS CRISTO, O GRANDE MDICO - Temos o seguinte esboo para o estudo desta
doutrina:

A. O "rosto de boi" = Jesus Cristo, o Mdico.

B. Evangelho = MARCOS.

C. Como apresenta Jesus = Como o "Servo".

D. Smbolo da Cura Divina = O Clice.

E. Cor simblica na bandeira = Azul-Claro.

 

A . O terceiro rosto que Ezequiel viu foi o "ROSTO DE BOI", representando Jesus Cristo como nosso Grande Mdico. Como pode o boi ser comprado a Jesus? Analisando este ponto, a fundadora de nossa obra conclui que a semelhana est nas caractersticas do boi, o mais belo smbolo do suportador de cargas. Em Deuteronmio 14:4 o primeiro citado na relao dos animais limpos. manso, obediente e fiel at a morte. Isto foi precisamente o que Jesus mostrou atravs de toda Sua vida (Mat. 11:29), e finalmente no Calvrio (Fil.2:7-8), levando sobre Si, com grande sofrimento, o peso de nossos pecados, vergonha e doena. "Seu parecer estava to desfigurado, mais do que o de outro qualquer ..." (Is. 52:14), ao morrer, tornou-se vencedor sobre o pecado, enfermidade, morte e inferno, pois, "Tragada foi a morte na vitria". (I Cor. 15:54b).

 

B. O EVANGELHO DE MARCOS apresenta Jesus Cristo, o Grande Mdico, que "levou sobre Si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre Si..." (Isaas 53:4). Esta profecia cumpriu-se no incio do ministrio de Jesus na terra. (Mateus 8:16-17)

 

C. Marcos apresenta Jesus, o Grande Mdico, como "Servo". "Porque o Filho do Homem tambm no veio para ser servido, para servir". (Mar. 10:45). Este evangelho foi escrito para os romanos, um povo militar que possua um certo orgulho em obedecer aos seus superiores. (Observe Lucas 7:8). Jesus, como o perfeito Servo, disse: "No como eu quero, mas como Tu queres", referindo-se ao Grande Ser em comando. (Mat. 26:39).

 

D. O Smbolo da Cura Divina o CLICE. (I Cor. 10:16).

 

E. Este aspecto tambm simbolizado na bandeira da Igreja do Evangelho Quadrangular pela cor azul-claro, a cor do cu, de onde vem a cura divina.

 

 

Rosto da GUIA:

Contemplamos a vinda do Rei, quando Ele vier buscar a noiva que o espera - Sua Igreja

 

JESUS CRISTO, O REI QUE H DE VIR

Contemplamos a vinda do Rei, quando Ele vier buscar a noiva que o espera - Sua Igreja

 

JESUS CRISTO, O REI QUE H DE VIR

Jesus Cristo como Rei que h de vir tipificado no ROSTO DE GUIA. Temos o seguinte esboo para o estudo desta doutrina: A . O "rosto de guia" = Jesus Cristo, o Rei que h de vir.

B. Evangelho = MATEUS
C. Como apresenta Jesus = Como "O REI"
D. Smbolo da Segunda Vinda = A coroa.
E. Cor simblica na bandeira = Prpura (roxa).
COMENTRIO:
JESUS CRISTO, O REI QUE H DE VIR

A . O quatro rosto que Ezequiel viu quando estava entre os cativos junto ao rei Quebar foi o "ROSTO DE GUIA", representando Jesus Cristo, o Rei que h de vir. A guia considerada o rei dos pssaros. Com seu olhar penetrante perscruta as distncias dos elevados cus, sobe s nuvens, desce das alturas vertiginosas e carrega os seus filhotes sobre as asas estendidas. Faz o seu ninho nos penhascos mais elevados, e o reveste com a penugem tirada do seu prprio peito. um smbolo atraente do nosso Rei Futuro, nossa guia-Rei, que tem o seu lar no supremo Cu e est preparando para ns uma morada no Alto, comprada a custa de sua prpria vida.

B. O EVANGELHO de MATEUS apresenta Jesus Cristo, O Futuro Rei. (Mateus 27:37, Joo 18:37).

C. MATEUS apresenta Jesus como Rei que voltar para buscar Sua noiva e depois tomar seu cetro e governar todas as naes durante mil anos, na terra. O livro foi escrito para os hebreus, que h muito esperavam pelo Messias Rei, herdeiro legtimo do trono de Davi. A fim de evidenciar Sua descendncia real, Mateus abre o livro com Sua genealogia, comeando assim: "O livro da gerao de Jesus Cristo, filho de Deus". (Mat. 1:1).

D. O Smbolo da Segunda Vinda a COROA
. (Apoc. 14:14; 19:12).

E. A doutrina da Segunda Vinda est simbolizada na bandeira da Igreja do Evangelho Quadrangular pela cor prpura (roxa), tipificando a realeza de Jesus Cristo - "REI DOS REIS, E SENHOR DOS SENHORES". (Apoc. 19:16)



Espalhe por aí